palestrantes

Magda Teixeira Chagas | LEITURA E INFORMAÇÃO PARA A CIDADANIA | 10 de maio

Professora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, doutora em Linguística pela UFSC, Mestre em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB, atuando na área de bibliotecas escolares e leitura. Coordenadora do curso de Especialização em Gestão de Bibliotecas Escolares, modalidade à distância, oferecido pela UFSC/UAB/MEC.

 

Francisca Rasche | POLÍTICAS PÚBLICAS PARA BIBLIOTECAS ESCOLARES NO BRASIL | 10 de maio

Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, mestre em Ciência da Informação pela UFSC, Especialista em Gestão de Arquivos Públicos e Empresariais pela UFSC. Atualmente é professora substituta da Universidade Federal de Santa Catarina. Têm experiência profissional em gestão de bibliotecas, atividades de docência no ensino superior. Como temas de interesse constam ética profissional, políticas públicas, formação profissional e serviços de informação.

 

Liliana de Oliveira Granemann Rosa | IMPLANTAÇÃO DA REDE DE BIBLIOTECAS ESCOLARES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE FLORIANÓPOLIS | 11 de maio

Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC. Especialista em Gestão de Bibliotecas pela UDESC, monografia Gestão de pessoas nas bibliotecas do campus I da UDESC. Trabalha na Prefeitura Municipal de Florianópolis, atualmente é chefe do Departamento de Bibliotecas Escolares e Comunitárias.

 

Lúcia Kistner | ARCA DAS LETRAS | 11 de maio

Graduada em Pedagogia pela Universidade Regional de Blumenau – FURB e Pós Graduada-Especialista em Práticas Pedagógicas no Ensino Fundamental pela AUPEX. Coordenadora Municipal do Proler Gaspar e do Grupo AMIGOS DA LEITURA de Gaspar.

 

Gilmara Mendes Goulart | FEIRA DE RUA DO LIVRO DE TIMBÓ | 11 de maio

Especialista em Educação: Leitura, Letramento e Literatura. Responsável pelas ações de leitura do município de Timbó, coordenadora do Grupo Uni Duni Tê – Grupo de Contadores de Histórias da Fundação Cultural de Timbó. Professora do Grupo Caminho das Letras – Grupo de Leitores do Centro de Educação Infantil Timbó S/A – CETISA. Representante do Comitê Regional do PROLER.

 

Verônica dos Santos Ferreira | A BIBLIOTECA DO SESC COMO PARTE DO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM ATUANDO COM ALUNOS DA EJA | 11 de maio

Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Atua em Projetos e Ações de Incentivo a leitura com diferentes faixas etárias. Desenvolve e participa de trabalhos e atividades em Feiras de livros, Grupos Contadores de História, Rodas de Leitura, Hora do Conto, Projeto Competência em Informação, facilitadora de oficinas literárias, palestrante em seminários e encontros de Biblioteconomia. Atua como Bibliotecária do SESC Florianópolis desde 1986, coordenando a Biblioteca da unidade.

 

Maria Bernardete Martins Alves | MECANISMO ONLINE PARA REFERÊNCIAS | 17 de maioGraduada em Biblioteconomia pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. É bibliotecária da BU/UFSC, trabalhando no setor de Referência na área de Educação de Usuários.

 

Karyn Munyk Lehmkuhl | PESQUISA ESCOLAR EM BASE DE DADOS | 17 de maio

Bibliotecária da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, graduada pela UFSC e atualmente mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFSC.

 

Viegas Fernandes da Costa | RECORTES DA LITERATURA PRODUZIDA A PARTIR DE SANTA CATARINA | 18 de maio

Licenciado em História e Pós-graduado em Estudos Literários. Atualmente trabalha na Biblioteca da Universidade Regional de Blumenau – FURB, onde edita o site de literatura Sarau Eletrônico, e no Colégio Metropolitano de Indaial, onde leciona Filosofia e Atualidades. É autor dos livros “Sob a luz do farol” (2005), “De espantalhos e pedras também se faz um poema” (2008) e “Pequeno álbum” (2009). Mantém a coluna “Notas sobre a literatura catarinense” no jornal Expressão Universitária.

 

Alexandre Venera | POESIA ELETRÔNICA | 18 de maio

Desde 2000, vem se destacando na esfera da arte digital através de poesias, instalações multimídia interativas e performances em tempo real. Trabalha com artistas nacionais e internacionais Jorge Luiz Antonio (SP), Clemente Padin (Uruguai), Muriel Frega (Argentina), Reiner Strasser (Alemanha), entre outros, usando a internet como meio de aproximação e colaboração em trabalhos multimídia. Por mais de 15 anos atuou como coordenador e professor do NuTE (Núcleo de Teatro e Escola). Nesse período recebeu diversos prêmios como diretor, cenógrafo, sonoplasta e dramaturgo.

 

Juliana Teodoro | POESIA ELETRÔNICA | 18 de maio

Atua como VJ (jogos visuais), atriz performática e artista multimídia há mais de dez anos. Com Alexandre Venera, criou o coletivo opioptico que vem integrando em seus processos poesia eletrônica, artes visuais e atividades urbanas desde 2000. Participou em 2007 do Salão Elke Hering de Blumenau com a obra “AutoScan Desformers”. Através do coletivo opioptico aprovaram projetos de Incentivo a Cultura, tanto Municipal quanto Estadual, destacando-se o  “CD 6x JT / AV” de poesia visual e sonora, aprovado pelo Fundo Municipal de Apoio a Cultura de Blumenau. 

 

Bernadete Santos Campello | BIBLIOTECA COMO ESPAÇO DE APRENDIZAGEM E A COMPETÊNCIA INFORMACIONAL NO ENSINO BÁSICO | 24 de maio

Doutora em Ciência da Informação e mestre em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais. É professora da Escola de Ciência da Informação da mesma Universidade, onde coordena o Grupo de Estudos em Biblioteca Escolar. Coordenou a tradução e adaptação do livro “Como Usar a Biblioteca na Escola: um programa de atividades para o ensino fundamental”, de Carol Kuhlthau. É autora dos livros “Letramento informacional: função educativa do bibliotecário na escola” e “Biblioteca Escolar: temas para uma prática pedagógica”. 

  1. Nenhum comentário ainda.
(não será publicado)


SetTextSize SetPageWidth